A Origem da Mentira

#psicoefeito #pneiportugal #psicologia

Costumo dizer que a Mente é uma “máquina” espectacular, quando está oleada, assim como todas as máquinas. E quando não está? Neste caso, não acredites na tua Mente porque ela mente. Provavelmente estás a pensar, mas como posso identificar se a minha Mente está “oleada”? Esse status de funcionamento significa que a Mente funciona de maneira benéfica para ti, não é possível trabalhar dessa maneira e sentires-te triste, por exemplo. A Mente, mente, esta é uma Verdade, despida, nua. Prega partidas, consegues auto-sabotar quando sentes que tudo está mal, tudo está perdido, pois nesta altura já activaste os Pensamentos Negativos Automáticos (PNA) e estás a ser dominado por eles, sem dares conta, e porquê? Porque confias na tua Mente, ou melhor, estás a confiar na mentira que a tua Mente te está a pregar, estás a cair na armadilha mais primária da tua Mente e assim será até contrariares isso.


Há muitos milhares de anos atrás, os Humanos estavam em processo de desenvolvimento físico, cerebral, espiritual e pensa-se que a evolução só foi possível porque nunca deixámos de acreditar nisso, seja consciente ou inconscientemente. Porém, os anos passaram, estamos em pleno séc. XXI, ano de 2019, e será que não há mais para evoluir? Há sim e muito!!! Como podes fazer isso é que é outra história. Podes deixar de mentir a ti mesmo, começando por detectar os PNA que te assolam todos os dias, sim todos os dias temos PNA, mas não deves deixar que eles te controlem, pois nesse caso… estás a mentir a ti mesmo.


PENSAMENTOS NÃO SÃO FACTOS!

Pensamentos são processos cognitivos que tens todos os dias, os que te fazem crescer como Ser Humano, ser feliz, ter ideias super “awesome” (daquelas que até tu ficas surpreendido contigo mesmo!), ter relações benéficas para ti, então esses são positivos. Quanto aos outros é só acrescentares um “não” à frente do que escrevi anteriormente e lê para veres como te sentes, esses são negativos. Mas, o facto de serem negativos, não são condição única para não lhes ligares ou quereres que eles saiam da Mente, se fizeres isso só lhes dás mais força. Então como fazer? Aqui começa o trabalho Psicológico.

Vais buscar uma folha - prefiro que escrevas com a tua letra porque é mais poderoso para a Mente – e fazes uma tabela, e num lado coloca Pensamentos Negativos Automáticos e noutra Refutar o pensamento negativo automático, ou seja, contrariá-lo. Quando o contrarias emites um sinal para a tua Mente que estás a detectar a mentira e vais contrariar isso, tiras força a esses pensamentos e em vez de os evitares atacas com a Verdade, e nesse momento estás a fazer trabalho Psicológico.


Em suma: todos os dias terás PNA, mas podes contrariar, é tudo uma opção, em última análise fazes psicoefeito.


Deixo-te uma parábola que termina em beleza este texto:

“Diz uma parábola judaica que certo dia a mentira e a verdade se encontraram.

A mentira disse para a verdade:

- Bom dia, dona Verdade.

E a verdade foi conferir se realmente era um bom dia. Olhou para o alto, não viu nuvens de chuva, vários pássaros cantavam e vendo que realmente era um bom dia, respondeu para a mentira:

- Bom dia, dona mentira.

- Está muito calor hoje, disse a mentira.

E a verdade vendo que a mentira falava a verdade, relaxou.

A mentira então convidou a verdade para se banhar no rio. Despiu-se as suas vestes, entrou na água e disse:

-Venha dona Verdade, a água está uma delícia.

E assim que a verdade sem duvidar da mentira tirou as suas vestes e mergulhou, a mentira saiu da água e vestiu-se com as roupas da verdade e foi embora.

A verdade por sua vez recusou-se a vestir-se com as vestes da mentira e por não ter do que se envergonhar, saiu nua a caminhar na rua.

E aos olhos de outras pessoas era mais fácil aceitar a mentira vestida de verdade, do que a verdade nua e crua."

Parábola judaica


Obrigado!